arquitetura sustentável

Arquitetura sustentável: fachadas de prédios são transformadas em hortas verticais

GreenBelly, projeto de arquitetura sustentável liderado pelo arquiteto Alex Losada, visa aumentar a sustentabilidade das cidades e produzir vegetais frescos para moradores

arquitetura sustentávelArquitetura sustentável: Já pensou em transformar uma simples fachada de prédio em uma horta? Liderado pelo arquiteto Alex Losada, juntamente com o escritório de arquitetura AVL Studio e o engenheiro agrônomo Camille Lassale, o projeto GreenBelly tem exatamente esse intuito: transformar paredes de centros residenciais em hortas comunitárias, para que os moradores possam cultivar seus próprios alimentos.

A ideia, de acordo com a Casa & Jardim, é trazer um novo modelo de vida saudável e sustentável para uma cidade repleta de poluição, má alimentação e estilos de vida sedentários, além de reconectar a arquitetura urbana à natureza. “Com o GreenBelly, propomos um projeto auto sustentável em pequena escala, reciclando espaços, materiais e recursos urbanos. Podemos tornar a cidade mais verde e saudável, alimentar pessoas necessitadas e ensinar a origem da comida às crianças”, explica o arquiteto Alex Losada.

A horta é montada em várias plataformas horizontais ao longo da parede, como “andaimes”. Eles são formados por módulos, que se encaixam como peças de lego, podendo ser desmontados a qualquer momento. Um módulo pode produzir até 263 kg de alimentos por ano. Além disso, o GreenBelly utiliza-se também de sobras de materiais em ambientes urbanos, como andaimes ou paletes de madeira.

Para manter a horta saudável, o projeto se utiliza do sol, da chuva e de um composto orgânico local. Dentre os benefícios do projeto, estão a melhoria da paisagem urbana, a redução do uso de embalagens e menores preços, além da praticidade de alimentos frescos e ricos em nutrientes. Para a implementação das hortas, a equipe do Greenbelly lançou uma campanha com uma meta de 45 mil euros em seu site.

Assista ao vídeo abaixo para saber mais sobre o projeto: