carlos bratke

Carlos Bratke: o legado do arquiteto para os jovens profissionais

Há um ano, a arquitetura brasileira perdeu um de seus grandes: Carlos Bratke, premiado arquiteto e urbanista de 73 anos, que deixou grandes obras e uma trajetória marcada por inovação e valorização da estética. Conheça seu legado!

carlos bratkeNascido em São Paulo, em 20 de outubro de 1942, Carlos Bratke decidiu seguir a mesma carreira do pai, o arquiteto Oswaldo Arthur Bratke. Se formou pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Mackenzie (FAUUM) em 1967. Dois anos depois, se pós-graduou em Planejamento e Evolução Urbana na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Foi vice-presidente do Instituto de Arquitetos do Brasil (1988/89 e 1990/91), diretor do Museu da Casa Brasileira (1992/1995) e presidente da Fundação Bienal de São Paulo (1999/2002).

Entre os inúmeros prêmios que recebeu estão Prêmio Belgo-Mineira Arquitetura (1994), Prêmio ABCEM para estruturas metálicas (1994), Grande Prêmio da 3ª Bienal Internacional de São Paulo (1997), Prêmio Conjunto de Obras do Congresso Brasileiro de Arquitetos (1997) e o Prêmio “Vitrúvio 99” de Arquitetura Latino-americana, do Museo Nacional de Buenos Aires (1999).

Desde 1968 mantinha o escritório Carlos Bratke, desenvolvendo projetos, como residências, edifícios de apartamentos e escritórios, plantas industriais e escolas. O local está situado na região da avenida Engenheiro Luís Carlos Berrini, onde Bratke construiu mais de 60 projetos com área aproximada de 650 mil metros quadrados.

Conheça outros projetos do arquiteto:

1968: Igreja São Pedro e São Paulo – Cidade Jardim

1973: Escola Renovadora Aquarius 1º grau – Cotia/SP

1992: Banespa Agência Praça da República

1994: Casa do Arquiteto – Morumbi

1995: Parque do Povo – Itaim Bibi

2003: Fundação Maria Luisa e Oscar Americano – Morumbi

2004: Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio Ambiente – Cubatão/SP

2008: Centro Empresarial Rodobens – São José do Rio Preto/SP

Em 1992 Bratke fez o projeto de sua própria casa, no bairro do Morumbi. No vídeo abaixo, ele apresenta sua criação de 500 metros quadrados, cuja cobertura de telhas e isopor, em formato de asa delta, é suspensa por longarinas tensionadas para minimizar o barulho. “A casa é um ambiente onde você se sente seguro, é o teu ninho, (…) é uma cidadela que você tem para proteger tua família”, disse. Assista:

Casa de Arquiteto – Carlos Bratke from Habitar on Vimeo.