grandes arquitetos

Livros para conhecer vida e obras de grandes arquitetos

Se aprofundar na história de um artista pode ajudar a ver seu trabalho de outra maneira. Além da estética, vemos histórias, influências e diferentes fases. Que tal conhecer melhor o legado de grandes arquitetos? Selecionamos cinco livros que abordam vida e obra de Lina Bo Bardi, Vilanova Artigas, Le Corbusier, Paulo Mendes da Rocha e Rem Koolhaas. Boa leitura!

grandes arquitetosGrandes arquitetos:

Lina Bo Bardi – Obra Construída

Editora Gustavo Gili Brasil, 2014, 255 páginas

Olivia de Oliveira contextualizada a complexidade do trabalho da arquiteta brasileira Lina Bo Bardi e apresenta grandes obras da artista. Estão presentes construções como a Casa de Vidro, o Museu de Arte de São Paulo e o SESC Fábrica Pompeia, em São Paulo. Ainda conta com uma entrevista e seleção de textos da arquiteta.

Vilanova Artigas

Editora Terceiro Nome, 2015, 272 páginas

Com autoria de Rosa Artigas e coautoria de Marcos Forti, o livro apresenta a trajetória do arquiteto por meio da publicação de 43 projetos construídos e não construídos, como os feitos para o concurso do Plano Piloto de Brasília. A partir de fotografias atuais e antigas, além de desenhos originais feitos pela mão do próprio arquiteto, a obra remonta o percurso de Artigas de forma a revelar os pontos de inflexão, as continuidades e as retomadas de caminhos presentes em sua obra.

Le Corbusier uma Análise da Forma

Editora Wmf Martins Fontes, 2002, 309 páginas

Neste de Geoffrey Baker, textos e ilustrações se unem para explicar o trabalho de Le Corbusier, seus temas e principais influências, em quatro fases do desenvolvimento de sua obra. O Pavilhão Suiço lembra-nos a característica de transição dessa construção, em que o uso da pedra, um material natural, e das formas curvas revela o lirismo puro da obra do artista.

Paulo Mendes da Rocha

Editora Ubu, 2016, 112 páginas

As residências de Paulo Mendes da Rocha revelam aspectos norteadores de seu pensamento. Entre elas, a Casa Butantã, desenhada para o arquiteto e sua família em 1964. A casa representa sua visão da arquitetura como experiência compartilhada do espaço – um dos elementos amplamente admirados em seu trabalho e mencionado pelo júri que o agraciou com o Prêmio Pritzker. O livro oferece ao leitor uma visão completa da casa e busca transmitir o caráter experimental e lúdico de um dos projetos mais emblemáticos do arquiteto. Os textos são de Catherine Otondo e Flávio Motta.

Rem Koolhaas – Conversas com Hans Ulrich Obrist

Editora Gustavo Gili Brasil, 2009, 96 páginas

Este livro reúne seis entrevistas que Hans Ulrich Obrist manteve com Rem Koolhaas. Nelas, não só se dialoga sobre a trajetória e o pensamento do arquiteto, como também se abordam as suas últimas obras asiáticas, a biblioteca pública de Seattle, a Casa da Música no Porto e a embaixada de Holanda em Berlim.